sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Grounded Theory - Um método para geração de teoria a partir dos dados

Toda investigação é “fundamentada” em dados, mas poucos estudos produzem uma “teoria fundamentada” a partir destes dados. Dentre as diversas metodologias de pesquisa existentes Grounded Theory surgiu em 1967 - através do trabalho The Discovery of Grounded Theory: Strategies for Qualitative Research (Glaser e Strauss) - com o objetivo de preencher o espaço que existe entre a teoria e a pesquisa empírica, visto que existem vários métodos para testar teorias mas não especificamente para o estudo da teoria.

Definição

Grounded Theory is a method for generating theory from data


Justamente por ser um método para gerar uma teoria a partir dos dados Grounded Theory baseia-se em um conjunto de hipóteses conceituais integradas geradas de maneira sistêmica para produzir uma teoria sobre uma área substancial.
      grounded-theory-forum.png

Visão Geral

Grounded Theory é baseada no modelo conceito-indicador de comparação constante entre indicadores. Para compreendermos o fluxo de trabalho deste processo, precisamos conhecer alguns conceitos simples descritos a seguir:


  • Indicador (ou Incidente): Dados reais, como ações e eventos, capturados através de palavras ou sentenças ditas pelo participante.
  • Conceito: São em geral, comportamentos ou fatores que estão alterando comportamentos, gerados e refinados por meio da comparação entre indicadores e este conceito emergente.
  • Categorias: Representam um nível mais alto de abstração, uma vez que representam um conjunto de conceitos.
  • Memos: Durante todo o processo do Grounded Theory o pesquisador documenta as ideias e relações que embasam os conceitos e categorias que estão sendo criadas.

Processo

Existem semelhanças com metodologias ágeis de desenvolvimento de software, no sentido que o processo é simples conceitualmente, mas rigoroso e disciplinado na prática. O processo pode ser dividido em três fases principais descritas a seguir e também indicadas na figura abaixo.
  1. O pesquisador começa a coleta de dados em um fenômeno de interesse e analisa os dados procurando por padrões de incidentes para indicar conceitos que por sua vez são agregadas em categorias.
  2. As propriedades teóricas da categoria são desenvolvidas através da comparação entre os incidentes nos dados de entrada e os incidentes anteriores na mesma categoria. O processo continua até que as categorias tornem-se "saturadas", isto é, quando a escolha de dados não adiciona qualquer novas propriedades para as categorias existentes.
  3. Após a saturação, a teoria é comparada com teorias descritas na literatura. A pesquisa bibliográfica é adiada para o final da coleta de dados para evitar forçar teorias preconcebidas sobre a teoria substantiva a ser desenvolvida.


grounded.png

Aplicabilidade

Embora muitos classifiquem Grounded Theory como um método qualitativo, este não é. É um processo geral e como tal, pode ser usado tanto com dados qualitativos ou quantitativos.
No entanto, não é inadequado se a pesquisa visa responder: “A programação em pares é mais efetiva do que programação individual?” mas é adequado caso a pergunta seja: “Como os indivíduos gerenciam o processo de programação em pares?”. Responder esta questão auxiliaria a criação de estratégias para a gerenciar a programação em pares.

Conclusão

Grounded Theory é a geração sistemática da teoria a partir da pesquisa sistemática. Um conjunto de procedimentos de pesquisa rigorosos que levam ao surgimento de categorias conceituais. Estes conceitos / categorias estão relacionados uns aos outros como uma explicação teórica da ação que resolve continuamente a principal preocupação dos participantes em uma área substantiva.

Referências



Por,
Hugo Gabriel Bezerra da Silva - Integrante do PET Computação